segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Padre Fábio de Melo e Padre Marcelo Rossi no Santuário Mãe de Deus


Dia 02/10 a tradicional missa de cura e libertação, celebrada toda 5ª feira pelo Padre Marcelo Rossi, estará ainda mais especial.

O Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus localizado em Santo Amaro, capital paulista, receberá a presença do nosso amado sacerdote, Padre Fábio de Melo, e do Monsenhor Jonas Abib, pai fundador da Comunidade Canção Nova. A missa contará ainda com Dom Fernando, Bispo de Santo Amaro.

O momento está sendo aguardado com muita expectativa, já que é a primeira vez que Padre Fábio estará em uma celebração com Padre Marcelo Rossi. Um momento de muita alegria e bençãos, que será inesquecível para quem tiver a oportunidade de estar presente.

Vale lembrar que a missa de 5ª feira às 20h é a que mais recebe fiéis, que lotam o local desde o final da tarde. Portanto, se você quer garantir o seu lugar, é bom chegar cedo, pois um pouco antes do início da celebração já não há mais como entrar no local devido à grande concentração de pessoas no Santuário.

Tradicionalmente os fiéis levam uma vela para esta missa, a qual é acesa durante a adoração ao Santíssimo Sacramento. É um momento de muita emoção e beleza, quando Jesus, caminhando entre nós, deixa chegar a todos a sua luz. Nesta quinta, Pe. Marcelo Rossi pede que também levem uma rosa para a celebração, para que se forme um lindo e abençoado jardim!

Não perca esta oportunidade, esta graça de ter tantos servos abençoados numa mesma celebração.

Até lá!


Como Assim???
02/10/2008 - às 20h
Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus (mapa)
Av. Das Nações Unidas, 22.069
Jurubatuba - Santo Amaro/ SP
(próximo à Estação de Trem Jurubatuba)


Fonte: Programa Direção Espiritual 25/09/08, Programa Momento de Fé 01/10/08, Site Padre Marcelo Rossi, Eventos Canção Nova

Entrevista na Revista Malu: Padre Fábio de Melo... Ele entende você!


A revista Malu publicada em 18/09 vem trazendo uma entrevista especial com Padre Fábio de Melo sob o apropriado título "Ele entende você!".

A matéria da jornalista Aline Mendes faz um breve resumo da vida do sacerdote, de seu trabalho como evangelizador e traz em destaque seu mais novo sucesso editorial, o livro "Mulheres de Aço e de Flores", publicado pela Editora Gente, onde Padre Fábio conta em lindas e emocionantes histórias, um pouco da pluralidade e mistério do universo feminino.

Os leitores ainda podem aproveitar algumas orientações que Pe. Fábio deixou em forma de mensagens para diversas situações da vida.

Confira a íntegra da entrevista:



ELE ENTENDE VOCÊ!


O Padre Fábio de Melo é apresentador de tevê, cantor e acaba de lançar um livro sobre o universo feminino.

O dia-a-dia do Padre Fábio de Melo é bem movimentado: ele concilia missas, pregações em encontros, shows que reúnem até 20 mil pessoas e apresentações de programas de rádio e tevê, além de gravar e divulgar seus CDs e livros. Seu sucesso mais recente é a obra Mulheres de Aço e de Flores, da Editora Gente. Nele, o sacerdote conta histórias emocionantes sob a ótica feminina. "Eu creio que as mulheres são como Deus em pequenas medidas. A mulher é o ponto de equilíbrio do mundo. Nela os contrários se reconciliam. Os contos nasceram desta beleza", afirma, confessando que ficou mais humano depois do livro.

"O que aos meus olhos é fraqueza, aos olhos da mulher é força. Entrar neste universo é muito interessante e também, desafiador", destaca Padre Fábio.

Conheça o Padre Fábio:
Nascido em 1971, em Formiga, Minas Gerais, Fábio de Melo cresceu entre os livros e há cerca de 18 anos começou a compor canções que são tocadas nas missas de todo o Brasil. Com 11 CDs, entre músicas populares e religiosas, já ganhou até disco de ouro. Há sete anos, foi ordenados sacerdote e em 2002 escreveu o primeiro dos seus quatro livros.

Talentos artísticos:
"a arte nasce de tudo o que não cabe dentro de nós. Olho nos absurdos do mundo e não encontro lugar para deixá-los dentro de mim. Então, escrevo".

Resistência ao seu trabalho:
"não há por parte da Igreja. Ela é plural, trabalha a partir de muitas perspectivas. Eu cumpro um pedacinho do que é a grande missão da Igreja no mundo: desbravar os caminhos para que Jesus venha andando por eles. Seria muita imaturidade minha querer que todos compreendam o meu jeito de ser padre".

Fama:
"fazer sucesso é ser feliz! É assim que lido com o reconhecimento do público pelo meu trabalho. Tudo o que canto, escrevo, componho e realizo tem como único objetivo aliviar o sofrimento das pessoas. Isso é sucesso. Ver no que faço um bem sendo realizado".

Sensível ao universo feminino e acostumado a dar conselhos no programa Direção Espiritual, da tevê Canção Nova, o Padre Fábio deixou algumas mensagens para as leitoras de Malu em diversas situações:

Encontrar a paz no relacionamento amoroso:
"nunca permita que o homem lhe retire o direito de ser livre. Amor só é amor se houver respeito por aquilo que você é. Nunca autorize as primeiras agressões. Elas desencadeiam coisas terríveis depois".

Educar bem os filhos:
"permita que os filhos sejam eles mesmos. Não se projete neles. Não os enxergue como continuidades. Eles são outras pessoas. O papel da mãe é ajudar a encontrar os caminhos, mas nunca determiná-los".

Conquistar a harmonia com a família:
"harmonia é palavra que sugere orquestra. Uma orquestra só é harmoniosa na medida em que cada instrumento ocupa o lugar certo".

Superar as pressões e injustiças no trabalho:
"seja a primeira a promover a justiça. Nas pequenas coisas, nas menores iniciativas".

Não perder a esperança nas dificuldades financeiras:
"exerça a criatividade. As melhores coisas da vida não carecem de dinheiro. É só perceber o amor que mora ao lado, nos filhos, no marido e nos amigos".

Ter fé nos momentos de doença e limitações:
"já que não podemos mudar a vida, deixemos que ela nos mude. Aproveite os momentos difíceis para crescer".

Vencer as preocupações:
"não há receitas mágicas, mas uma boa dose de bom humor nos ajuda a vencer tudo nessa vida. Não se prenda ao que já passou, nem ao que ainda não aconteceu. A vida é agora, e vivê-la bem é um jeito sábio de preparar o futuro. Equilíbrio e felicidade nascem desta adequação entre passado, presente e futuro".


sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Noite de Autógrafos no Rio de Janeiro


Nesta sexta-feira, 26/09, Padre Fábio de Melo estará na cidade do Rio de Janeiro para mais uma noite de autógrados. O evento acontecerá na Saraiva Megastore do Shopping Tijuca às 20h.
Na ocasião, nosso amado sacerdote estará autografando seu novo CD "Vida" e o livro "Mulheres de Aço e de Flores", que já figura na lista dos livros mais vendidos da revista Veja.
Vale lembrar que é melhor deixar toda a coleção de produtos do Pe. Fábio em casa, pois, devido ao curto espaço de tempo disponível, apenas serão autografados esses dois novos trabalhos.
Afinal, se todos fôssemos levar todos os CDs, livros, palestras, etc., para autografar, um dia inteiro seria pouco!!!
Participe!
Venha prestigiá-lo em nossa cidade e mostrar a todos a força da arte católica.


Como Assim???

26/09/2008 - sexta-feira - às 20h
Saraiva Megastore Shopping Tijuca
Av. Maracanã, 987 - Piso L1 - Tijuca
Informações: (21) 3241-2099
(Próximo à Praça Saens Pena)

Padre Fábio de Melo na lista dos autores mais vendidos



A revista Veja online publicou esta semana a lista dos livros mais vendidos, onde Padre Fábio de Melo aparece na categoria "Auto-ajuda" com duas publicações:

- 14º - Mulheres de Aço e de Flores (Editora Gente)
- 20º - Quem me Roubou de Mim? (Editora Canção Nova)


Apesar de não ser surpresa para nós católicos, a novidade está sendo muito comemorada, pois é a primeira vez que a excelente vendagem do autor e da Editora Canção Nova aparece para o público não católico. A edição 02 da Revista Tal já apresentava Pe. Fábio como o autor que mais vende livros no país: 150 mil cópias de "Quem me Roubou de Mim?" vendidas em menos de 2 meses pela Editora Canção Nova.



Conforme Pe. Fábio comentou em seu programa de 25/09, todos nós já sabemos que os autores católicos e a Editora Canção Nova, são os maiores vendedores de livros no país, entretanto, esta vitória não é divulgada para o público em geral, já que os números são pesquisados apenas em grandes redes de livrarias.


Tal fato acontece devido a diversos fatores, principalmente, por conta de um preconceito socializado dos livreiros, que fecham as portas para os grandes autores que temos em nossa igreja. Assim, os livros são comercializados apenas em livrarias e sites católicos, o que faz com que não apareçam nas estatísticas de vendas que são divulgadas pela imprensa.


Essa injusta marginalização de autores cristãos está sendo, aos poucos, desfeita. Padre Fábio tem sido o grande precursor dessa mudança de mentalidade por parte dos grandes empresários do ramo, que não têm mais como fechar os olhos diante do seu estrondoso sucesso editorial que, mesmo sem divulgação na mídia secular, mesmo sem aparecer nas prateleiras dos megastores, consegue atingir números inimagináveis para qualquer grande autor brasileiro.



Padre Fábio de Melo, com a força da sua palavra, com o dom Daquele que o inspira, está conseguindo chegar aonde antes só haviam barreiras e preconceitos. Sem dúvida, um grande desafio para qualquer evangelizador, e um grande orgulho para nós, que tanto já nos vimos direcionados pelo poder do seu ministério, pela força da sua sabedoria e pela firmeza da sua fé.



Fonte: Programa Direção Espiritual 25/09/08, Veja Online

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Padre Fábio em Noite de Louvor em São Paulo


O Centro de Evangelização Pe. Léo Pereira abrigará mais uma inesquecível noite de louvor na capital paulista, com a participação especial de Eto e Luzia Santiago.

O evento terá início com a Santa Missa, a partir das 19h30, com Monsenhor Jonas Abib, Pe. Edimilson Lopes e Pe. Sílvio Andrei.

A noite de bençãos continuará com grandes shows de Eliana Ribeiro, Eros Biondini e Padre Fábio de Melo.


Participe! Não perca a oportunidade de compartilhar esta noite de bençãos com a comunidade Canção Nova e mais uma vez, alimentar-se com as palavras de sabedoria e amor de nosso amado sacerdote, Padre Fábio de Melo.


Como Assim???

01/10/08 - a partir das 19h30
Centro de Evangelização Padre Léo Pereira

Rua Nícolas Boer, 100 - Barra Funda - São Paulo - Capital

Informações: ( 11) 3382-9800

Próximo à: Ponte da Pompéia; Metrô da Barra Funda; Estação de Trem Água Branca

Fonte: Site Fábio de Melo, Eventos Canção Nova SP

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

O Poder da Palavra Imperativa

Imperar é atributo que sugere poder. O imperador comanda o império, rege com autoridade. Imperativo é tudo o que ordena, o que governa.

Na linguagem temos os verbos imperativos. São aqueles que dão ordens. Sempre que os leio escuto gritos, vozes querendo me convencer do conteúdo que sugerem. O verbo é a casa da ação. Dele se desdobram movimentos. Verbos mobilizam os sujeitos. É a regra da gramática, mas é também a regra da vida.


Penso nas palavras que me ordenam. Quero compreender a razão de gritarem tanto sobre os meus ouvidos e de me moverem para a vida que vivo. A interpretação que faço do mundo passa pelos verbos que imperam sobre mim. Por isso, a qualidade da vida depende dos verbos que imperam sobre ela.
Gosto de conjugar o verbo “amar” no imperativo – “Ame!” Não há necessidade de complementos. Ame este ou aquele. Ame agora ou depois. Não há justificativas. É só amar. É só seguir a ordem que o verbo sugere. “Ame!” Repito. Não escuto gritos, mas uma voz mansa com poder de conselho. Voz que reconheço ser a de Jesus a me conduzir por um caminho seguro que me fará viver melhor. “Ame!” Ele repete! “Ame!” Ele aconselha.


Tenho aprendido que o amor é o melhor jeito de responder às questões do mundo. Experimento isso na carne. Eu fico melhor cada vez que amo. Digo isso como homem religioso que sou. A religião é a casa do amor, assim como o verbo é a casa da ação. Se não é, não é religião. É esconderijo onde acomodamos nossa hipocrisia. É lugar onde justificamos nossas intolerâncias. É guerra fria que fazemos em nome de Deus.
Eu ainda acredito que o amor é a religião que o mundo precisa. Jesus ensinou isso. Morreu por crer assim. Elevou à potência máxima o impertivo do amor, e não fugiu das consequências. Tenho medo quando nos especializamos em qualificar as pessoas como boas ou ruins, em nome da religião. Tenho medo de deixar que outros verbos imperem sobre minha vida. Verbos que excluem, abandonam, jogam fora e que condenam a partir de aparências...
É nesta hora que eu me recordo do imperativo de meu Mestre - “Ame!” E só assim eu descanso.

Eu sei que você também costuma se perder em tantas realidades desta vida. Eu sei que o seguimento de Jesus costuma nos colocar em encruzilhadas, porque não há seguimento sem escolhas. É natural que nasçam dúvidas e a gente se pergunte – E agora? Como ser de Deus no meio de tantas realidades contrárias? Como manter o olhar fixo no que cremos sem que a gente precise cometer o absurdo de desprezar os que creem diferente de nós?
Nem sempre conseguimos acertar, fazer da melhor forma.




Quer um conselho?
Ame!



Padre Fábio de Melo
(16/09/08)


segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Vídeo Padre Fábio no Programa Raul Gil

"Se vocês gostaram de mim como padre, eu lhes convido a se apaixonarem por Aquele que eu anuncio: JESUS. Isso é o mais importante!"

Padre Fábio de Melo







Para quem não teve a oportunidade de acompanhar na tv, já foi disponibilizada no You Tube toda a participação do Padre Fábio de Melo lançando o CD "Vida" no programa Raul Gil do último sábado, dividida em dois vídeos.


Segundo uma informação, não confirmada, que circula em várias comunidades do orkut, a participação de Pe. Fábio não foi apenas devido à sua exposição na mídia secular devido ao novo disco pela Som Livre. A filha da assessora pessoal do Sr. Raul Gil, que foi curada de uma depressão através do programa Direção Espiritual, foi a grande responsável pela providencial participação do sacerdote no programa.


Independentemente dos motivos que o levaram ao programa, foi uma grande alegria poder acompanhar o início de uma nova fase em sua vida. Durante sua participação no quadro "o convidado das crianças", Pe. Fábio interpretou a música que dá título ao disco, "Vida", e "Tudo é do Pai", além de ter nos brindado com poucas, mas sábias palavras, como de costume.


Entretanto, o apresentador do programa deixou muito a desejar durante a entrevista, que poderia ter sido mais bem aproveitada. Todos sabemos que, quando um apresentador leva um convidado para seu palco, é necessário que ele tenha um mínimo de conhecimento de causa, para que não se cometa nenhuma gafe e para que se possa extrair mais da entrevista por mais breve que seja. Acredito que para uma correta postura profissional, isso seja o mínimo exigido.


Infelizmente não foi isso o que aconteceu. Além de ter trocado várias vezes o seu nome antes da sua participação, o apresentador demonstrou em diversas ocasiões uma total falta de conhecimento de seu convidado e um claro desinteresse por suas observações, chegando à beira da deselegância em alguns momentos. O que se viu foi uma série de perguntas rasas e inúteis, além de comentários desnecessários sobre a sua aparência dirigidos ao próprio Pe. Fábio e ao "seleto" auditório. Como se não bastasse, ainda falou do Pe. Léo sem que soubesse que o mesmo faleceu há quase dois anos. Em resumo, vimos bem menos do que poderíamos esperar de um apresentador tão conhecido e com tanto tempo de experiência.


Mesmo visivelmente desconfortável diante de alguns comentários estapafúrdios, tais como sobre os motivos que levam as mulheres à missa por ele presidida, Padre Fábio agiu com a habitual elegância a qual nos é familiar: Respostas inteligentes e de difícil digestão para perguntas estéreis e capciosas. Seu último comentário diante da descontrolada platéia que gritava "Padre Fábio, eu te amo", selou sua participação com a beleza da palavra que lhe é característica e deixou claro a todos sua retidão e objetivo.


Apesar de tudo, o espaço foi precioso e, por isso, gostaria de deixar meu agradecimento à Band e à produção do programa que acolheram nosso amado sacerdote em sua casa. A apresentação de Pe. Fábio foi linda, bem como a participação da D. Ana, que deu um toque ainda maior de emoção. Quem conhece a história deste homem de Deus pode imaginar como isso foi importante para ele. No mais, o que importa é a mensagem que foi dignamente transmitida.


Como sempre, Padre Fábio domina qualquer situação inconveniente com maestria, educação e respeito, sempre deixando um rastro de si e muito de Jesus por onde passa. Além do mais, ele sabe perfeitamente que esta incursão ao profano não será fácil. É um novo e conturbado caminho que terá que trilhar, e disso ele tem total consciência. Sabe que ainda vai ouvir muitos absurdos de quem não o conhece, de quem lançará sobre ele olhares apressados demais.


Mas é vida que segue... sempre em Jesus. Corre mais riscos e enfrenta mais desafios aquele que se aventura a pescar em alto mar.

Padre Fábio de Melo é um escolhido, um servo amado de um Deus que é todo amor, e que sempre está com ele em todos os momentos. A nós que nos alimentamos do que ele fez da sua vida, cabe o que todos, tenho certeza, fizeram antes e durante o programa, orar muito por este instrumento iluminado de Jesus, luz no caminho de tantas vidas sedentas em busca do amor do Pai.


Vamos ficar atentos e em oração. Ainda há muita coisa por vir. Está só começando esta nova caminhada. E felizes são aqueles que podem estar presentes e ser testemunhas desta nova fase no seu caminho de evangelização.


Pe. Fábio, que Deus o abençoe e o proteja muito, hoje e sempre!





sábado, 13 de setembro de 2008

Padre Fábio de Melo na revista Isto É



A revista Isto É desta semana traz uma ampla reportagem falando sobre o avanço dos católicos na mídia.

A repórter Carina Rabelo cita o exemplo do próprio Jesus, que pode ser considerado o primeiro grande comunicador da história de todas as Igrejas, por toda a simbologia usada em seus discursos, sempre realizados em locais onde pudessem ser acompanhados por muitos, através da busca de uma acústica apurada.

A Igreja, que por muito tempo se mostrou resistente aos meios de comunicação em massa, agora utiliza-os para atingir uma quantidade cada vez maior de fiés no Brasil e no mundo.
A entrada incisiva dos católicos na mídia foi, a princípio, uma forma de reação ao avanço das igrejas evangélicas, que estavam arrebanhando grande parte de seus fiéis com um bem preparado aparato tecnológico e discursos atuais e envolventes.

O Brasil vem se destacando neste quesito, principalmente com a Comunidade Canção Nova que há 30 anos utiliza os meios de comunicação social como espaço de evangelização. A matéria cita os sacerdotes que vão além dos altares e sacristias, e se lançam ao grande público conseguindo arrastar multidões aos seus eventos, além de inúmeros recordes de público e venda: Padre Jonas Abib, Padre Marcelo Rossi e Padre Fábio de Melo, que é citado como a grande promessa da Igreja Católica, entre outos.



Confira a entrevista na íntegra!!

Comportamento

O avanço dos católicos na mídia
Igreja se profissionaliza nos meios de comunicação para conquistar fiéis

Por Carina Rabelo
Fotos Murillo Constantino

Há quem diga que Jesus Cristo tenha sido o grande comunicador da história das religiões. Em seus discursos, ele se posicionava a favor do vento para que sua voz ganhasse amplitude. Utilizava a simbologia da palavra "pastor" para mostrar a importância de ser líder das "ovelhas desgarradas". Nos sermões para as multidões, a montanha era seu palco. A tática, mesmo que não intencional, funcionou. Milhões de pessoas se viram - e se vêem - representadas em suas metáforas, arquétipos e alegorias.

Pe. Jonas Abib, 71 anos
É fundador da Canção Nova, que existe desde 1971 e reúne editora, gravadora de m úsica, produtora de vídeo, televisão e rádio.
- Em 2007, a Canção Nova vendeu mais de 2 milhões de livros e 700 mil CDs e DVDs.
- As 28 emissoras de rádio próprias e 76 fidelizadas cobrem quase a totalidade d o território brasileiro.
- O portal contabiliza mais de 100 mil acessos diários e tem o serviço de contribuição financeira "online".

Séculos mais tarde, tanto a mensagem quanto a forma de linguagem continuam sendo utilizadas, agora amplificadas pelos meios de comunicação de massa. Atualmente, esse é o método mais eficaz de conquistar - e manter - fiéis. A Igreja Católica, o grande pilar do cristianismo no mundo, se manteve distante - e arredia - dos recursos da mídia durante muito tempo, mas há alguns anos rendeu-se definitivamente ao seu poder. No Brasil, depois de engatinhar e perder para os evangélicos nesse campo, os católicos dão passos seguros em direção à profissionalização. Hoje, alcançam fiéis com 13 emissoras de tevê, 97 rádios, dez gravadoras e 40 editoras (leia quadro à pág. 68). Tentam com esses recursos ampliar seu rebanho.

Padre Cleidimar Moreira - 39 anos
- Músico desde a adolescência, tornou-se padre há apenas dois anos.
- Fã de bandas como Tears for Fears, A-Ha, Guns and Roses e Pink Floyd, ele introduziu o rock contemporâneo em suas canções religiosas.
- Lançou dois CDs pelo selo Canção Nova e é um dos astros em ascensão da comunidade. Já foi sondado por outras gravadoras para gravar discos.
- Disponibiliza as suas canções na internet e escreve diariamente em seu blog.
- Está na equipe de produção da Canção Nova, cria seriados que misturam heróis infantis e religião e elabora um projeto de musicais com temas bíblicos.

Os pioneiros na entrada profissionalizada da mídia como reforço da prática da fé foram os evangélicos pentecostais (como a Igreja Universal do Reino de Deus, que atualmente tem a Record como carro-chefe). Com o discurso adaptado aos novos tempos, o número de seguidores no Brasil aumentou de 3,4% para 15% em 50 anos. Inversamente, os católicos diminuíram de 93% para 73% no mesmo período. "Devemos copiar aquilo que deu certo na forma com que os evangélicos utilizam a grande mídia", reconhece o monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova, o maior pólo de comunicação católica do Brasil. Diante do desafio, a Igreja se movimenta na luta pelos holofotes. O contra-ataque foi iniciado na década de 70, com os shows em estádios do padre Zezinho, que substituiu o estilo de composição litúrgica pelo popular. E consolidado com a explosão na mídia em 1998 do padre Marcelo Rossi, religioso que levou a palavra de Deus aos programas de auditório da televisão, trios elétricos, shows de artistas leigos e cinema, abriu caminho para novos talentos católicos e fomentou uma vasta indústria de entretenimento religioso.

Robson de Oliveira Pereira, 34 anos
- Dispõe de três horários diários na Rede Vida para celebrar sua Novena dos Filhos do Pai Eterno.
- É líder de audiência na emissora (recebe cerca de 2,5 mil e-mails de telespectadores por mês).
- Criou o site Pai Eterno, com vela virtual para os pedidos dos internautas. A página recebe 30 mil acessos diários.
- Suas missas, acompanhadas por uma banda, são transmitidas pela tevê e reúnem cerca de quatro mil pessoas.




A mudança de atitude já promove resultados. A cada ano, aumenta o número de padres cantores, festivais profissionais de música, livros, revistas, discos, DVDs, programas de rádio, tevês, além de sites, blogs e, até mesmo, feira de produtos e serviços semelhante aos grandes salões de negócios. Os CDs, produzidos há dez anos em pequenos estúdios das gravadoras religiosas, ganham espaço nas gigantes, como Sony e Som Livre, que ainda gravam DVDs ao vivo de espetáculos com milhões de fiéis.

Pe. Marcelo Rossi, 41 anos
- Lançou dez CDs e três DVDs, que já venderam mais de dez milhões de cópias. Foi o recordista de vendas em 2007 com o CD Minha bênção (250 mil cópias) e já é o primeiro do ranking 2008 com o volume 1 de Paz sim, violência não (200 mil cópias), lançado em junho.
- Protagonizou dois filmes com temática cristã, tendo no elenco artistas globais.
- Possui um programa de rádio, o Momento de fé com Padre Marcelo Rossi, na Rádio Globo, que tem mais de 100 mil ouvintes.
- Apresenta missas, ao vivo, pela Rede Vida e Rede Globo

"Quando comecei a fazer os shows e aparecer na televisão, apenas 4% dos católicos freqüentavam a igreja. Hoje, com a popularização do evangelho, 35% participam das missas", comemora o padre Marcelo Rossi, que ainda recebe críticas dos religiosos mais conservadores. "A rejeição ocorre porque alguns setores da Igreja ainda consideram os meios de comunicação como os grandes responsáveis pelas mazelas e injustiças sociais e se aliam a posições à esquerda que deturpam o conceito de marketing. Aos poucos, eles estão vencendo o preconceito", explica Antônio Miguel Kater Filho, fundador do Instituto Brasileiro de Marketing Católico, que ensina os padres a adequar o discurso religioso à realidade das pessoas, celebrar missas animadas, posicionar-se corretamente diante das câmeras e usar com desenvoltura o microfone, entre outras lições. Depois de conquistar o mercado fonográfico (é campeão de vendas em 2007 e parcial em 2008), padre Marcelo aposta numa nova ferramenta de comunicação: o cinema. Ele já fez os filmes Maria, mãe do filho de Deus e Irmãos de fé e agora quer produzir Médico de homens e almas, inspirado no livro homônimo, uma biografia de São Lucas, um dos quatro evangelistas. "O filme é uma ótima forma de contar as histórias da Bíblia", aposta.

Religiosos popularizam o discurso litúrgico e se aproximam da realidade dos fiéis. A Igreja caça novos "padres Marcelos" e se associa a grandes empresários para viabilizar a expansão televisiva.

João Monteiro de Barros Filho, 69 anos (no centro)
- Fundou em 1995 a Rede Vida, emissora católica com transmissão em tevê aberta e fechada, que chega a outros países da América Latina.
- A emissora tem 35% da sua grade dedicada à evangelização e 65% ao jornalismo, entretenimento, cultura e esportes.
- A Rede Vida atinge mais de 110 milhões de brasileiros em 1,5 mil municípios.
- Em 2008 a emissora investiu US$ 2 milhões em digitalização para transmitir imagens em alta definição.


Para adequar o cristianismo à mídia e lançar outros "padres Marcelos" no mercado, surgiram as empresas especializadas em artistas católicos e na produção de festivais de porte, como o Hallell e o Halleluya, que reúnem cerca de 850 mil pessoas em várias cidades do Brasil, com patrocínio de grandes marcas, como Coca-Cola e Claro. A Talento Produções lançou nomes como padre Fábio de Melo, Adriana, Ziza Fernandes e Eros Biondini. Já a Codimuc seguiu o filão da música para jovens e produz o material publicitário das bandas católicas de pop rock, axé e eletrônico que agradam ao público, como Anjos de Resgate e Rosa de Saron.

O primeiro festival Halleluya ocorreu em 1995, para apenas 500 pessoas e com poucos artistas se apresentando. "Hoje, temos um espaço de 22 hectares, reunimos 650 mil pessoas e 25 bandas de música", comemora Aurinilton Leão, coordenador e membro da Shalom, a primeira comunidade católica brasileira a ser reconhecida pelo Vaticano. Nesses eventos, não é cobrado ingresso. E, se há entrada de dinheiro, ele é revertido para novos shows.

Pe. Zezinho, 67 anos
- Precursor dos shows católicos em estádios, introduziu bandas nas missas e livros com linguagem acessível ao povo.
- Vendeu mais de 117 CDs em seis idiomas, 12 DVDs e 82 livros.
- Dedica-se à seleção de novos talentos na música e prepara padres radialistas.
- Publica artigos no seu site, tem perfil no Orkut e faz uma média de seis shows e dez conferências por mês em todo o País.
- Tem um programa de rádio (transmitido por 150 emissoras) e três diários de tevê, veiculados em três canais.








Nem todos os membros da Igreja aprovam a relação dos padres com a indústria cultural. "A grande maioria dos católicos que participam destes festivais não vai às missas. Eles rejeitam a profundidade porque só querem saber de cantar e dançar. É uma forma de oferecer uma religião à la carte", diz padre Pedro Gilberto Gomes, pró-reitor acadêmico da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), no Rio Grande do Sul.

Pe. Fábio de Melo, 37 anos
- Poeta, músico e escritor, é uma das promessas na mídia atual.
- Tem 11 CDs, com mais de um milhão de cópias vendidas.
- Lançou quatro livros e publica textos no seu blog. A obra Mulheres de aço e flores, lançada em agosto, vendeu mais de 50 mil cópias em duas semanas. Quem me roubou de mim, de fevereiro, passou das 150 mil unidades em um mês e meio.
- É convidado para celebrar missas em várias paróquias do Brasil. O seu último show reuniu mais de 300 mil pessoas.

Produtores católicos investem na qualidade do material de divulgação dos artistas. Eles cantam em festivais para multidões e recebem convites das grandes gravadoras para lançar CDs e DVDs ao vivo.

A nova forma de fazer religião, popularizada pelo movimento da Renovação Carismática Católica, famoso por introduzir elementos emocionais e muita música e coreografia às celebrações, ganhou força no Brasil apenas nos últimos dez anos, mas se fundamenta numa antiga orientação do Vaticano. Em 1975, o papa Paulo VI assumiu a crise institucional da Igreja e fez um apelo aos eclesiásticos no documento oficial Evangelii Nuntiandi. "Façam chegar ao homem moderno a mensagem cristã por todos os meios que estejam ao seu alcance." Com base no pedido institucional, a Canção Nova, pioneira na entrada dos católicos no rádio, em 1978, e na tevê, em 1989, derrubou o muro de isolamento da Igreja e popularizou a comunicação com o povo.


Apesar da intenção inovadora, a estrutura era precária. No primeiro ano da rádio, a comunidade não tinha verbas para aquisição de equipamentos profissionais e dependia de doações. Os programas eram gravados num pequeno estúdio e ganhavam os fiéis pela animação. "Era um programa de evangelização com músicas que tinham influências rítmicas da jovem guarda e do pop rock. As pessoas adoravam", conta monsenhor Jonas. O sucesso foi tanto que três emissoras grandes de rádio na época se interessaram na transmissão do programa. Com o aumento das doações, a Canção Nova comprou a Rádio Bandeirantes. Hoje, a comunidade ocupa uma área de 46 hectares em Cachoeira Paulista (SP) com mais de mil membros que vivem numa espécie de "hollywood religiosa". "Nosso desafio agora é sair do analógico e digitalizar a transmissão", diz monsenhor Jonas. A Canção Nova, que será reconhecida oficialmente pelo Vaticano no dia 3 de novembro, prova que o futuro da Igreja está na mídia. "Se Jesus fosse vivo hoje, falaria na televisão", aposta Kater - e muitos religiosos que seguem à risca o novo manual de comunicação da Igreja Católica



Fonte: Isto É

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Show do Padre Fábio de Melo em Resende / RJ



No dia 20 de setembro Resende receberá o show de lançamento do CD "Vida", o mais novo trabalho de Padre Fábio de Melo. O álbum conta com uma primorosa seleção de composições próprias e de grandes autores, como Walmir Alencar, Grecco, Celina Borges, Fábio Jr., Toquinho, entre outros.

O Show acontecerá no Teatro da AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras) e toda a renda será em benefício da Comunidade Bethânia.


A comunidade fundada por Padre Léo teve seu início na cidade catarinense de São João Batista, no ano de 1995, e nasceu de um desejo que o Espírito Santo colocou no coração do Pe. Léo, a partir de sua própria experiência, como dependente químico, e como sacerdote, trabalhando no Colégio São Luiz, em Brusque.

Bethânia não é um centro de recuperação de drogados e nem uma clínica onde se internam pessoas para tratamento. É, acima de tudo, uma "Comunidade de acolhimento". Sua missão consiste em acreditar no ser humano e no seu potencial de superação. A comunidade dá condições para que todos e cada um se encontrem consigo mesmo, com o outro e com Deus e se deixem restaurar pela Sua Graça e misericórdia.

Atualmente a comunidade tem recantos em São João Batista/SC, Lorena/SP, Curitiba, Castro e Guarapuava/PR. Bethânia não possui funcionários contratados, contando apenas com a ajuda de voluntários e de seus próprios "filhos". Seus recursos provêm essencialmente da doação de seus benfeitores.
É a terceira vez que o sacerdote realiza um show no Teatro da AMAN, que tem a capacidade de 2800 pessoas. Mas apesar da grande capacidade do local, convém não esperar muito para garantir o seu ingresso! Afinal, todos sabemos o quanto os Shows do Padre Fábio são concorridos.


Como assim???
Teatro da AMAN
Rod. Pres. Dutra, Km 306 - Resende - RJ
Dia 20/09/08 a partir das 21h
Abertura às 18h30
Ingressos R$ 20,00
Informações: (24) 9998-5661 - Patrícia
(31) 3324-4167


Onde Comprar???
  • Cantinho do Céu
  • Largo 9 de abril, 26, slj 110 - Vila Santa Cecília - Volta Redonda - RJ
  • Tel.: (24) 3343-1767
  • Cantinho do Céu
  • Rua Br. Guapi, 18 - Centro - Barra Mansa - RJ
  • Tel.: (24) 3323-0171
  • Agnus Dei
  • Rua S. José Rodrigues, 223 - Resende - RJ
  • Tel.: (24) 3355-8204
Como Chegar???




Padre Fábio de Melo em Itajubá/MG


A cidade mineira de Itajubá receberá mais uma vez a presença de Pe. Fábio de Melo na próxima sexta-feira, 19/09.
O show acontecerá no Itajubá Tênis Clube a partir das 20h30. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente em diversos locais da cidade.
Vale lembrar que, no dia do evento, além do ingresso, será necessário levar 1 k de alimento não-perecível (exceto sal).
Uma ótima oportunidade para os moradores da região o prestigiarem e se alimentarem de suas sempre sábias palavras. Não perca!!!

Como Assim???
Dia: 19/09/08
Horário: 20h30min
Abertura dos portões: 18h
Valor: R$ 10,00 (1º lote) + 1k de alimento não perecível (exceto sal)
Local: Itajubá Tênis Clube
Endereço: Rua Paulo Chiaradia, 371 - São Vicente - Itajubá/MG
Informações: (35) 3622-1150

Onde Comprar???
- Casa Charles: (35) 3623-6000
- Ana Maria Turismo: (35) 3622-0279
- Loja Tentação: Rua Nova, 357 - Centro - (35) 3622-4613
- Mattos Calçados: Rua Nova, 339 - Centro - (35) 3622-0524

Como Chegar???
Belo Horizonte - via BR 262/BR 459
De carro: 451 km – aprox. 5 horas 25 minutos (confira o mapa)
De ônibus: Viação Gardênia (0800-30-2000) / (35) 3623-5274

Rio de Janeiro - via BR 116 (Dutra)/BR 459
De carro: 303 km – aprox. 3 horas 40 minutos (confira o mapa)
De ônibus: Viação Cometa - (11) 4004-9600

São Paulo - via BR 116 (Dutra)/ BR 381 (Fernão Dias) / BR 459
De carro: 260 km – aprox. 3 horas 16 minutos (confira o mapa)
De ônibus: Viação Pássaro Marrom (11) 2221-0244 / Viação Transul (11) 2221-4823

Missa em São Paulo com Padre Fábio de Melo


Padre Fábio retornará à cidade de São Paulo na próxima segunda-feira, dia 15/09, quando presidirá a Santa Missa no Clube da Eletropaulo, em Santo Amaro.

A celebração terá início às 19h30 e será concelebrada pelos padres Silvio Andrei e Anderson Andrade, além de contar com a participação de Dunga, da comunidade Canção Nova.

A ocasião é uma maravilhosa oportunidade para os moradores da região acompanharem uma celebração do nosso querido sacerdote. Suas palavras de esperança, sabedoria e amor, sempre permeadas pela fé que o move, poderão ser apreciadas durante toda a missa e, em especial, durante a homilia. É o próprio Jesus que nos fala através do seu amado servo.

Vale lembrar que é bom chegar cedo. Na última celebração que Pe. Fábio presidiu em São Paulo, chegar com antecedência de 3h, apenas garantiu os últimos lugares da Igreja... que não era pequena...

Antecipe-se!
Não perca a graça de ter o Padre Fábio de Melo na sua cidade!




Como Assim???
15/09/08 - 19:30hs
Clube da Eletropaulo
Rua Peixe Vivo, 133 - Santo Amaro - São Paulo - SP
(
confira o mapa)

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Padre Fábio em Governador Valadares


No próximo dia 14 Pe. Fábio de Melo levará suas belas canções e mensagens à Governador Valadares/MG. A cidade será novamente abençoada com a presença do nosso amado sacerdote, que, com seu dom de tocar a cada coração com a beleza, profundidade e simplicidade de suas palavras, proporcionará àqueles que puderem ir uma inesquecível noite de louvor, de bençãos e de muita emoção.

O evento será realizado na área coberta do Parque de Exposições, com capacidade para 4 mil pessoas. Toda a renda do show será revertida em favor da Toca de Assis e da Construção da Igreja Matriz de Nossa Senhora De Guadalupe, que há cinco anos vem se reunindo em um salão improvisado.

Garanta já sua participação nesta noite de louvor! Ingressos limitados.

Como assim????
  • Domingo 14/09/08 - 18h30
  • Ingressos: R$ 20,00 (crianças até 5 anos não pagam)
  • Parque de Exposições José Tavares Pereira (mapa)
  • Rua João Dias Duarte, 1450 - Governador Valadares - MG
  • Informações:
  • (33) 3271-3454 / 3277-4672 / 3272-5084 / 3084-1523 / 3083-4686 / 3225-4917 / 3221-4780
Onde comprar?
  • Livraria João Paulo II
  • Rua São Paulo - nº 627 - Centro - Governador Valadares - MG
  • Tel.: (33) 3272-9899
  • Loc Festas
  • Rua Caio Martins - nº 40 - Centro - Governador Valadares - MG
  • Tel.: (33) 3221-4780
  • Ou pelos telefones:
  • (33) 3272-5084 / 3271-3454 / 3277-4672 / 3225-4917 / 3084-1523 / 3083-4686

Como chegar???


Para conhecer...

Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe
Rua Gastão de Magalhães, 712 - Nova JK - (33) 3272-4672

Toca de Assis
Rua Regino de Oliveira Rosa, 213, Jardim Alice - (33) 3273-4578

A História de Nossa Senhora de Guadalupe

Programa Raul Gil 13/09. Não perca!

Vida que segue, sempre em Jesus...

Chegou a hora de pescar em águas mais profundas.
Não deixe de prestigiar esta nova fase da vida do nosso amado Padre Fábio.
O seu carinho é muito importante para ele.

Participe... prestigie.... convide seus amigos...
apresente Jesus, que fala através deste ser humano iluminado, àqueles que não o conhecem....

E acima de tudo... interceda por ele....
Não deixe de orar por este servo amado de Deus.



"Não dá mais pra voltar... o barco está em alto mar....
Eu sou impulsionado... a desbravar um novo mundo..."

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Padre Fábio em Juiz de Fora

Na sexta-feira, 12 de setembro, a cidade de Juiz de Fora receberá novamente Pe. Fábio de Melo, que retorna pela quinta vez ao palco do Cine Theatro Central - a segunda deste ano - para apresentar seu mais recente trabalho fonográfico ao público mineiro.

O show acústico acontecerá em dois horários: 18h30 e 21h. Os ingressos estão sendo vendidos à R$ 25,00 mais 1 kg de alimento não perecível. A bilheteria do teatro funciona de 2ª a 6ª feira, das 9h às 18h. As cadeiras são numeradas, por isso, garanta logo o seu ingresso, pois a previsão, como sempre, é de teatro lotado.


Como Assim???
Dia 12/09/2008
Em duas sessões: 18h30 e 21h
Ingressos: R$ 25,00 + 1kg de alimento não perecível
Praça João Pessoa, s/nº - Calçadão da Rua Halfeld (mapa)
Centro - Juiz de Fora - MG
Informações: (32) 3061-4039 / 3061-6320


Onde Comprar??
- Bilheteria do Cine Theatro Central
- 2ª a 6ª - das 9h às 18h

- Escola de Evangelização Santo André
- Rua Antônio Dias, 708 - Granbery
- Tel.: (32) 3061-4039

- Livrarias Católicas da região


Como Chegar???

Belo Horizonte:
Acesso pela BR 040
De carro: 282 km – aprox. 3 horas 42 minutos (confira o mapa)
De ônibus: Viação Atual - (0xx31) 3272-6104

Rio de Janeiro:
Acesso pela BR 040 (confira o mapa)
De carro: 221 km – aprox. 3 horas 12 minutos
De ônibus: Viação Útil - (21) 2518-1133 / 2263-9424 / 3907-9000

São Paulo:
Acesso pela BR 116 / MG 353 (confira o mapa)
De carro: 457 km – aprox. 5 horas 51 minutos
De ônibus: Viação Cometa - 4004-9600



Fonte: Site Fábio de Melo, Cine-Theatro Central, Idas Brasil, Acessa

O que querem essas mulheres?


“Mulheres de aço e de flores” é minha primeira aventura literária. A Literatura, paralela a tudo o que escrevo será um caminho que trilharei. É uma escolha que amadureci.

Ao escrever “Mulheres de aço e de flores” eu mergulhei no encanto do universo feminino e sobre ele quis contar histórias. São mulheres reais, outras de sonhos, mas todas elas estão vivas em algum lugar deste mundo.

Eu não quis escrever um livro de catequese. Não quis escrever um livro de auto ajuda. Quis apenas explorar os sentimentos humanos e respeitosamente tocá-los a partir de minha sensibilidade poética. Não tive medo de ousar. Não fiquei preocupado que as pessoas pudessem dizer – “Nossa, isso não é coisa que um padre possa escrever!” Não quis me prender a uma visão limita, que confisca o universo religioso ao discurso beato e pouco humano. Eu me inspirei nos escritores sagrados, e nas histórias que a Sagrada Escritura resguarda. A Bíblia é um livro vivo feito a partir de pessoas concretas e por isso é dialético, controverso. Há relatos interessantíssimos que mostram o lado mais mesquinho da vida humana. As traições, os assasinatos, os incestos, enfim, tudo o que é humano e que sempre temos coragem de contar.

O meu livro é um espaço de segredos confessos. É uma fala que deixei nascer porque a respeito profundamente. As mulheres, desde as mais recatadas até as mais ousadas, todas elas cumprem o ofício de mostrar o que somos. Elas, na coragem que a literatura me empresta, contam o que naturalmente não contamos. Duvidam do que não temos coragem de duvidar. Amam de um jeito que não gostamos de amar.E falam, falam e falam...

A literatura é o avesso da vida, mas pode ser também o seu lado mais acertado. Através dela podemos sugerir uma vida que ainda não temos, ou sonhos que ainda não nos pertencem. Ela pode nos colocar no prumo onde sobrevivem nossas forças e fraquezas, nossas vergonhas e nossas belezas.

“Minhas mulheres” são assim. Elas querem nos lembrar que é bonito ser humano. Que não é vergonhoso ser portador de fragilidades. Que a dor é universal, que a alegria nem sempre. Que a esperança é a terceira margem do amor. Que há sempre uma luz a ser devolvida, uma vela a ser acesa, um Elviro a ser domesticado, um Redentor a ser reconhecido. “Minhas mulheres” querem nos ensinar que o amor humano é a outra face do amor divino, e que ao ser resgatado humanamente pelo amor que me toca, de alguma forma os meus dedos alcançam a cruz. Que na pureza de um beijo experimentado a eternidade já nos mostra o seu sabor.


“Minhas mulheres” querem nos recordar que um riso pode nos ajudar a esquecer o peso da vida. Que uma história não pode ser vista somente a partir de uma frase, e que o texto tem sempre que ser analisado a partir de seu contexto. A mesma regra vale para a Sagrada Escritura, pois fora do contexto, há frases bíblicas que podem justificar até mesmo o assasinato brutal.

“Minhas mulheres” não são ofensivas. Elas são filhas do tempo, dos ventos, das dores, das alegrias. São filhas da vida, e nada que é verdadeiramente vivo pode ofender. Elas só são sinceras.

Por isso, se você desejar conhecer as “minhas mulheres”, aproxime-se do livro sabendo que se trata de uma obra literária. É um livro de histórias.

Não queira encontrar conselhos formulados, prontos para serem aplicados.

Mas uma coisa eu lhe prometo – Riso e choro! Tudo ao mesmo tempo.

Por que? Não sei. Eu também não sei porque as coisas me fazem rir ou chorar. Eu apenas obedeço ao impacto da vida e por ela me deixo envolver.

O meu livro é simples. Não é um tratado de teologia. Está longe de querer ser isso. Eu só o considero religioso. Não sei fazer nada que não seja. Ele tem sacralidades, mas tem também os rastros do profano. A vida é assim. O desafio do leitor é recolher sob o altar do coração o que ele eleger como sagrado, e expulsar o que considera profano. Nisso eu não entro, não tenho acesso porque é trabalho do leitor.

Agora uma coisa é certa – A maior pretensão das minhas mulheres é mostrar que no aço da dureza humana, a flor da Graça divina costuma nos surpreender generosa.

Boa leitura.

Padre Fábio de Melo
03/09/08

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Padre Fábio e Canção Nova em Taubaté (SP)

Na próxima quarta-feira, 10/09, a Canção Nova realizará um grande dia de campanha na cidade de Taubaté, em prol do projeto Dai-me Almas.

A programação terá início às 9h30 no pátio da Igreja do Rosário e continuará por todo o dia com a participação de Pe. Fábio de Melo, Eliana Sá, Pe. Rodrigo Natal, Pe. Marlon Silveira, Dom Carmo, representantes da Cúria, da Mitra Diocesana, da Rádio Cultura e da Comunidade Canção Nova.

O encerramento será às 17h com a celebração da Santa Missa presidida pelo Fábio de Melo.

Durante todo o dia, o sistema Canção Nova de comunicação transmitirá vários momentos do evento. Quem não puder ir, poderá conferir ao vivo, pela TV ou pela Internet, este dia especial.

Mas não acaba aí: a noite conta com uma programação especial. O programa Direção Espiritual que irá ao ar na quinta-feira, 11/09, será gravado no interior da Igreja do Rosário. Devido ao local não comportar todo o público do evento, os interessados deverão retirar uma senha durante o dia para que possam participar da gravação à noite. Garanta a sua o mais cedo possível.

Como Assim???

  • Quarta-feira - 10/09/2008 - a partir das 9h30
  • Pátio da Igreja Nossa Senhora do Rosário
  • Praça Barão do Rio Branco - Centro - Taubaté - SP
  • Telefone: (12) 3631-3608

Curiosidades...

  • Igreja Nossa Senhora do Rosário

A Irmandade de Nossa Senhora dos Homens Pretos foi constituída no início do século XVIII, no altar da Igreja Matriz consagrado à Virgem do Rosário. Uma capela foi construída pela Irmandade entre os anos 1700 e 1705, mas precisou ser reedificada para evitar o desabamento. A reconstrução da capela começou aproximadamente em 1862, até que foram finalizadas em 1882.

A Paróquia de Nossa Senhora do Rosário foi criada em 7 de janeiro de 1925, por determinação do bispo de Taubaté, Dom Epaminondas Nunes de Ávila e Silva. A festa da padroeira é comemorada todo dia 7 de outubro.
A igreja é a segunda paróquia criada em Taubaté, que atrai interesses dos estudiosos da arquitetura sacra tradicional do Vale do Paraíba.




  • Taubaté

Poucas cidades brasileiras tiveram tão importante atuação nos acontecimentos históricos nacionais, quanto Taubaté. A tradicional cidade paulista, fundada em 1639 pelo bandeirante Jacques Félix, desempenhou papel relevante na evolução histórica e econômica do país.

No ciclo do ouro foi núcleo irradiador de bandeirismo e no Segundo império, durante o surto cafeeiro do Vale do Paraíba, destacou-se como o município de maior produção em café na zona paulista.
Após superar graves períodos de crise econômica e social, Taubaté projeta-se hoje como centro industrial, pecuarista e rizicultor, além de ter significativa função cultural como a cidade universitária do Vale do Paraíba.

Igrejas coloniais e antigas solares, permanecem testemunhando outras eras, ao lado de modernos edifícios. Oacervo de tradições, os hábitos populares e as manifestações folclóricas, se conservam ainda, impregnadas das influencias do colonizador branco, do negro dos cafezais e do ancestral indígenas. O 'passado'e o 'presente'em equilibro harmonioso tornam Taubaté uma cidade alegre, sem austeridade, mas, com aspecto acolhedor das velhas cidades que tem muito o que contar.



Fonte: Programa Direção Espiritual (04/09), Guia Taubaté, Prefeitura de Taubaté, City Brazil

domingo, 7 de setembro de 2008

Padre Fábio de Melo no Programa Raul Gil

Padre Fábio de Melo participará nesta 3ª feira, 09/09/2008, da gravação do Programa Raul Gil que irá ao ar no próximo fim de semana. Na ocasião o sacerdote estará lançando o cd, "Vida", e interpretará algumas das músicas do seu novo disco.

Infelizmente a gravação lotou muito rápido e não há mais como participar do auditório. Resta-nos aguardar e conferir pela TV o programa que será apresentado no próximo sábado, a partir das 15h pela Band. Não deixe de prestigiar este momento único, já que é a primeira vez que Pe. Fábio se apresentará num programa da mídia secular.

Este novo campo de trabalho que ele trilha agora tem sido fonte de uma certa apreensão para seus fãs e filhos espirituais. Quem o acompanha conhece bem seu talento, potencial artístico e principalmente, sua firme convicção religiosa. Entretanto, ele será apresentado a um grande público que nada sabe da sua história de vida e da sua trajetória profissional, o que pode gerar uma série de julgamentos inescrupulosos e intolerantes, à semelhança do que aconteceu ao Padre Marcelo Rossi na época em que despontou na mídia nacional.

Não tem sido por acaso, que o próprio sacerdote tem pedido seguidamente em seu programa e nos seus shows para que rezemos por ele e por esta nova fase de sua vida. A grande exposição e o sucesso que virá como conseqüência será, sem dúvida, um momento de grande alegria mas também de forte tensão, que carecerá de um grande cuidado pessoal e espiritual, nada que ele já não saiba.

Mas, vale lembrar, que Padre Fábio é um servo muito amado por Deus, um instrumento magnífico de Jesus, a serviço da Igreja e da evangelização. Portanto, nada do que aconteça com ele, para ele, absolutamente nada é ocasional. Tudo faz parte do plano de Deus para a sua vida.

Tudo acontece no tempo de Deus.

Que ele possa servir como é, instrumento ungido a serviço da palavra de Deus. Que possa levar àqueles que ainda não conhecem Jesus a um encontro pessoal com esse Deus que ele tanto ama. E que nós estejamos ao seu lado orando e intercedendo pela sua vida e pela divulgação do seu ministério.
"A nós o trabalho. A Jesus o sucesso"